Notícias e Blog
 

Uma Jóia da Água de Southampton

A grande cúpula prateada refletida na água parece surreal. No entanto, por um longo período de tempo, pareceu que nunca se tornaria real, permanecendo apenas como uma obra imaginativa de um arquiteto criativo para uma instalação de residuos de energia.

Mas ai está ela. A cúpula, projetada pelo arquiteto francês de renome, Jeanrobert Mazaud, agora oculta e embeleza uma instalação de um incinerador, com apenas as chaminés gêmeas de alongamento a atravessar o telhado elegantemente curvado. Desde que foi concluída em 2007, "The Silver Dome" tornou-se um ícone deslumbrante  na comunidade de Southampton, Hampshire,  no Reino Unido que também é palco de dois grandes transatlânticos, o Queen Elizabeth 2 e o Queen Mary.

A partir da imaginação do artista

Desde o início da década passada, perante a capacidade de aterros e incineradores com mais de 30 anos de idade que já não cumprem os requisitos de emissões, os planejadores locais procuram uma solução inovadora e com visão de futuro para os resíduos não-recicláveis. Eles insistiram que a nova instalação tinha de ser tão bela como funcional, e desafiaram Mazaud . Ele deu de frente com um design distinto - uma bela cúpula de curvas radicais - e igualmente desafiante para os construtores. Além da sua silhueta lunática, esta robusta cúpula  também abriria vãos de 110 metros. Foi por isto que o projeto chegou perto do naufrágio. Ninguém conseguia encontrar uma maneira econômica para construí-lo. "É necessário soluções técnicas muito incomuns, especialmente para um programa industrial", disse Mazaud, CEO da S'PACE. SA.  

Cúpula Grande? Geometrica!

O adjudicatário CINM da França solicitou propostas para a cúpula. Mas os preços para a construção tradicional eram proibitivos. Os proprietários, Hampshire Waste (agora Veolia Environmental Services), descreveram o seu problema a um potencial subcontratante, Jerry Forrest. Enquanto estava em Israel para um outro projeto, Forrest perguntou aos seus contatos de negócios quem poderia construir tal cúpula. A resposta veio rapidamente: Geometrica, uma empresa do Texas, que tinha construído uma cúpula de tamanho semelhante em Israel alguns anos antes.   

 

O projeto original, se fosse construído com aço laminado a quente convencional, resultaria numa superestrutura de mais de 1.000 toneladas. A cúpula da Geometrica, utilizando tubulação estrutural galvanizada juntas com cubos de alumínio de alta resistência, pesaria menos de 300 toneladas. Também ofereceu todas as distintas características arquitetônicas requiridas por Mazaud: uma "saia varredura" na parte inferior da cúpula, colunas delta entre a parede translúcida sob a varredura, penetrações de pilha, e clarabóias e ventilação próximo ao ápice.

A proposta da Geometrica foi a primeira que se ofereceu para realizar todas as  características desejadas pelo arquiteto - mantendo o orçamento.  O contrato foi então adjudicado à Geometrica. O pessoal da Geometrica trabalhou em estreita colaboração com o engenheiro estrutural para assegurar que o enquadramento da cúpula cumpria os padrões mais exigentes de engenharia e construção britânicas. Depois da fabricação, fora do local, completa a Geometrica enviou a cúpula pré-fabricada para o sítio de construção em  Southampton. A montagem ocorreu simultaneamente com a construção do incinerador coberto, dando flexibilidade ao cronograma de construção que já tinha sido prorrogado para acomodar uma solução económica. 

Sustentabilidade em espadas

A Marchwood Energy Recovery Facility abriu em 2007, parecendo para todo o mundo uma nave espacial. É, em vez disso, uma usina completa, que fornece energia elétrica para mais de 22.000 casas, de acordo com a Reciclagem para Hampshire. "A cúpula Marchwood parece excepcional quando comparada aos outros equipamentos industriais ao seu redor", disse Mazaud, observando "a quantidade de valor social e design cuidado que pode trazer para uma função muito básica, como o tratamento de resíduos."

Os resíduos urbanos são entregues num bunker dentro da cúpula. Equipamento suspenso levanta o desperdício - agora um combustível - para uma grelha de forma a facilitar a queima. O vapor resultante é utilizada para produzir energia, e a cinza é posteriormente processada para extrair metais para reciclagem. A cinza restante, agora reduzida a apenas uma pequena fração dos materiais recebidos, é enviado para posterior reciclagem ou eliminação. Os gases da caldeira são processados ​​extensivamente antes de serem libertados para  a atmosfera - purificado com cal e carbono ativado para remover dioxinas. Finalmente, um filtro de saco captura as partículas de pó. Os resíduos finais são usados ​​para neutralizar outros resíduos, e os gases limpos são libertados para a atmosfera através de chaminés altas.  

A estrutura oferece à comunidade muitos benefícios:

  • Gestão de Resíduos
  • Recupeção de Energia
  • Redução da dependência de aterros sanitários
  • Redução de metano dos aterros sanitários
  • Redução do uso de combustíveis fósseis

 

Calor e beleza

"Este projeto mantém o ambiente livre de poluentes, tanto físico e estético", disse Raul del Toro, diretor de engenharia da Geometrica. "Ao contrário do que acontece em aterros, nenhum resíduo passa para o solo. A cúpula Marchwood é um excelente exemplo de como um edifício industrial se pode misturar muito bem com a comunidade. Além de oferecer o aço necessário para resistência e durabilidade, o sistema Geometrica tornou possível alcançar a visão do arquiteto. 

Sem colunas interiores, os grandes abrigos da cúpula, guindastes e equipamentos de tracção, exigem grandes extensões de espaço. O interior de uma estrutura de vão livre é, obviamente, ideal para tal planta. Mas é do lado de fora que a comunidade vê e aprecia. 

A realidade de hoje é que, como o poder recém-gerado aquece casas vizinhas, há uma nova jóia graças Southampton Water.

Para mais informações sobre o uso industrial de cúpulas Geométrica, consulte cúpulas industriais. Se você precisar de uma cúpula, ou se você gostaria de receber a nossa newsletter, envie-nos as suas informações usando o seguinte formulário.